Trabalhadores da Avianca não têm salário, e demitidos ficam sem indenização

Trabalhadores da Avianca não têm salário, e demitidos ficam sem indenização

Sem receber salários e outros direitos trabalhistas desde abril, funcionários e ex-empregados da Avianca Brasil enfrentam incertezas quanto ao seu futuro profissional. Vários trabalhadores que ainda possuem vínculo com a empresa não vêm recebendo para trabalhar, e outros que já tiveram o contrato rescindido não conseguem acesso ao FGTS e às verbas rescisórias.

Para Marcelo Ceriotti, diretor do SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas), que representa 2.000 dos 8.000 trabalhadores da Avianca, direitos básicos dos funcionários não têm sido reconhecidos. “É dramática a situação dos trabalhadores, com atrasos em diárias de alimentação, salário e depósito de fundo de garantia”, diz Cerio.  A empresa não se manifestou.

 

Fonte: Todos a Bordo