O diretor do Simarj, Fabricio Fbr Miranda, sobre os trabalhadores das terceirazadas