Justiça determina devolução de aviões da Avianca Brasil à Airbus

Justiça determina devolução de aviões da Avianca Brasil à Airbus

O desembargador Ricardo Negrão, da 2ª Câmara de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, determinou na noite de ontem (terça-feira, dia 15) que a Ocean Air (conhecida como Avianca Brasil) faça a devolução imediata de sete aviões à Airbus Financial Services. As aeronaves, que são de propriedade da empresa francesa e estavam arrendados pela companhia desde 2011.

Segundo a Airbus Financial Services, dos sete aviões, quatro estão parados no Aeroporto de Congonhas e dois não voam desde maio, quando a empresa cessou de vez suas operações. Há outros dois aviões em São José dos Campos, no interior paulista, e outro em Brasília. Ainda de acordo com a arrendadora, cinco aviões estão sem condições de voar, faltando peças, motores e manutenção adequada.

 

Na semana passada, a justiça também bloqueou bens pessoais do empresário José Efromovich, proprietário da Avianca Brasil. A medida, tomada a partir de um processo movido pela Azul Linhas Aéreas cobrando R$ 61,7 milhões de dois empréstimos feitos em março, atingiu 11 imóveis, incluindo apartamentos localizados na capital paulista.

 

Fonte: Panrotas